Ciência Aurelien Hayman

Published on setembro 25th, 2012 | by Ivan Luiz

O que é um[a] Hipertimésia?

Não sei se é apenas acontece comigo, mas gostaria de dividir com vocês algo que frequentemente ocorre em minha vida, quando menos se espera vem em minha cabeça flashes acontecimentos e lembranças do passado (bem nítidos), porém nada de extraordinário. Bom, o inglês Aurelien Hayman (foto), 20 anos, sofre uma síndrome raríssima chamada de hipertimésia uma espécie de amnésia ao contrário, que faz com que ele tenha uma supermemória e recorde do passado perfeitamente. Este sim deve fazer um esforço incomum para concentrar no que está fazendo.

Segundo informações o site do jornal Daily Mail, Hayman é um estudante de literatura inglesa, que mora na cidade Durham (Inglaterra/ Grã-Bretanha/Reino Unido… sei – lá) e é uma das 20 pessoas no mundo que possui essa síndrome. Ele consegue recordar perfeitamente de conversas que teve, músicas que ouviu e as notícias nos últimos 10 anos (na qual ele teve contato, claro). Fico a imaginar como deve ser maçante o cérebro deste cara com as experiências negativas serem tão nítidas em sua cabeça.

Explicação

A hipertimésia ocorre porque além de usar o lobo frontal direito do cérebro para guardar memórias de longo prazo, Hayman utiliza, inconscientemente, o lobo frontal esquerdo – que normalmente atua sobre a linguagem – e o lobo occipital, na parte de trás da cabeça – associado ao armazenamento de imagens. A supermemória, porém, é mais autobiográfica, e não tem ajudado o jovem a se sair melhor em provas ou trabalhos da faculdade.

Detalhes técnicos a parte a história é tão fascinante que é tema de um documentário que será exibido na Grã-Bretanha – “Garoto que não consegue esquecer”.

A capacidade de recordar o passado deste inglês e das outras 19 pessoas que não se sabem quem é, mas dizem que são 19 (vai entender), me fazem levar a reflexão de que muitas vezes estamos conectados ao passado muito mais do que o momento presente.

Via G1

Tags: , , ,


About the Author

Idealista por opção e um chato convicto. Acredita que quando se ama o que faz, o sucesso é apenas consequência e não objetivo. A curiosidade e a ânsia por conhecimento, guiaram-lhe ao Jornalismo. Ama as coisas simples e tem a sua maior riqueza medida pelas amizades. Mudanças são inevitáveis, se as oportunidades não aparecem, procura criá-las!



Back to Top ↑
  • + Colunas

    Padocast | O Podcast do Padoca Virtual Cinéfilos | Padoca Virtual Games | Padoca Virtual Música | Padoca Virtual Comportamento | Padoca Virtual